Portal de Eventos Científicos do PPGMUS-UFBA, 3º CONGRESSO BRASILEIRO DE ICONOGRAFIA MUSICAL

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

AZULEJOS DO ANTIGO SOLAR BOM GOSTO

Zeila Maria de Oliveira Machado

Última alteração: 2015-06-22

Resumo


O trabalho apresentado trata de parte da coleção de painéis de azulejos oriundos do Solar Bom Gosto, edificado onde hoje se encontra o Hospital Universitário Professor Edgard Santos (HUPES) da Universidade Federal da Bahia (UFBA), na cidade de Salvador – Bahia. Este acervo foi removido do Solar na década de 30 quando houve a demolição, e grande parte do acervo foi assentado no prédio da reitoria da Universidade Federal da Bahia. A outra parte da referida coleção, permaneceu por muitos anos armazenados no Museu de Arte Sacra da Bahia (MAS), da UFBA. Estes painéis estavam acondicionados em caixas de madeira, todos misturados, muitas peças fragmentadas e com muita sujidade, sendo assim, constatou-se a necessidade de uma intervenção imediata, sendo realizada com o título “ Projeto de Estudos dos Azulejos do Museu de Arte Sacra”, financiado pela SEPLANTEC e desenvolvido com uma equipe de pela equipe da restauradora Zeila Maria Machado, entre agosto e outubro de 2001, com apoio da SEPLANTEC. O desenvolvimento do projeto se deu da seguinte forma: 1. Limpeza geral dos azulejos; 2. Separação das peças de azulejos por motivos e cor; 3. Identificação dos painéis pela numeração original; 4. Quantificação dos painéis; 5. Diagnóstico do estado de conservação. Foram identificados a existência de quarenta e três painéis de azulejos entre os séculos XVIII e XIX, figurados com motivos florais, sacros e profanos. Dentre eles pode-se concluir que houve painéis com grande número de perda total, não havendo a possibilidade de restauro e trinta e cinco painéis encontram-se passíveis de imediata restauração. O resgate de tal patrimônio dará a oportunidade às novas gerações de conhecerem, apreciarem e desfrutarem de grande parte deste encantador acervo, o qual prima pela opulência, variedade de temas e riqueza de molduras e que até recentemente não era possível ser restaurado por limitações técnicas.


Texto completo: PDF