Portal de Eventos Científicos do PPGMUS-UFBA, 3º CONGRESSO BRASILEIRO DE ICONOGRAFIA MUSICAL

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

Duas representações músico-iconográficas da imagética católica em São Luís: entre a restauração de uma estética barroca virtual e a construção de uma nova plástica popular

Alberto Pedrosa Dantas Filho

Última alteração: 2015-10-24

Resumo


O trabalho propõe um olhar sob duas expressões visuais que expressam momentos distintos e, ao mesmo tempo de intervenção do olhar popular sob a imagética católica no século XX em São Luís, capital do Maranhão. A Catedral da Sé, com sua representação extemporânea e naïfe de restauração do passado jesuítico, na obra de João de Deus entre os anos de 1927 e 1954 e na Igreja de Santa Teresinha, o mural em azulejos modernos que representam cenas do cotidiano em contexto popular com referencias, sobretudo, ao Bumba–meu-Boi na segunda metade do século passado. A partir destas duas matrizes procuramos compreender os espaços dinâmicos que separam essas duas visões, expressas na própria trajetória percorrida pela dança dramática maranhense e sua aceitação nos espaços sociais, nomeadamente, na igreja e, dentro desta, em intervenções pontuais em sua ortopraxia.

Texto completo: PDF